domingo, 1 de junho de 2008

O "pisar", da merda!

Hoje pisei lindamente em um grande tolete de “merda”. Na hora veio a minha cabeça aquele pensamento estúpido e ridículo: “Sinal de sorte e dinheiro no bolso”. Ótimo, lancei um “Caralho eu não acredito” bem alto, me acalmei e continuei meu caminho.

Mais tarde quando resolvi remover a farta camada de bosta da sola do meu sapato o qual é o único que tenho, comecei a pensar no fato das crenças ridículas que sou obrigado a escutar. Um bom exemplo que darei é o da merda de cachorro.

Enquanto removia aquela pasta fecal do meu sapato que para melhorar, a sola é daquelas bem complicadas com forma irregular anti derrapante, a qual tive que usar uns 28 palitos de dente para remover tudo, pensava comigo, como diabos pisar nessa merda “literalmente” pode indicar que estou com sorte e dinheiro no bolso?

1º Fato: Pisar na merda nada mais diz respeito do que “PISAR NA PORRA DA MERDA!”

O dia em que pisar na merda for algo comprovado, for sinônimo de ganhar dinheiro e ter sorte, podem ter certeza que NUNCA, mas NUNCA encontraram mais um troço “inteiro” e “lindamente” disponível para você pisar.

2º Fato: Pisar na merda, não é e JAMAIS será algo parecido com “SORTE!”

Claro! Pense bem, você pisa na merda e sai feliz e sorridente, saltitando como uma gazela no campo. Horas depois, quando chegar à sua casa ou trabalho e sentir aquele odor de bosta pairando ao seu redor e chegar um amigo ou familiar dizendo: “What a fuck is that?!”. Que porra é essa meu irmão?! E minutos depois você lembra da cena em que você pisoteava uma grande massa fecal de um cão. Logo se levanta e vai limpar.

Como já disse, pisar na merda nada mais é do que “PISAR NA MERDA!”

3º Fato: Ninguém “enriqueceu” pisando na merda.

Citem-me exemplos de alguém que esteja rico hoje, num dia com sol maravilhoso e um tempo perfeito teve um estalo e pensou: “Vou pisar na merda e ficar rico” e logo em seguida saiu por aí pisando em todo troço de bosta que via pelo chão... Em seguida abriu uma fazenda de cães borradeiros para ter um estoque de troço disponível para pisar. NÃO, não isso jamais vai acontecer/existir, não tem exemplos possíveis para isso.

4º e Último fato: Pisar na merda, além de dizer que você é um azarado do caralho, quer dizer que você estava “DESLIGADO!”

Exatamente, pensando naquela vizinha peituda ou na porra da prova de matemática avançada que iria ter na segunda feira, o motivo qual fez você não enxergar a ponta do seu nariz, e para acordar teve de pisar na MERDA!

Pois é, pensem bem a respeito, quando pisarem na merda como o fiz. No que você pensava na hora? Por que diabos pisou na merda? Não olhava por onde anda, nem onde estava a pisar. Estava sem escoro, viajando? SE FODEU na merda! Como diria um grande colega.

Vamos nos manter ligados, acordar pra vida e desviar dos obstáculos. Se eu piso na merda em minha opinião, quer dizer que no momento eu estava desatendo a minha vida. E dizer que estou com sorte ou com dinheiro, nada mais é que uma bela forma de dar uma desculpa ridícula para o meu erro.